Hoje é dia de bruschetta!

Feliz Ano novo!!!

Começo de ano delicioso, com muitas expectativas de um ano bom, cheio de positividade e muita comida gostosa!

Nesse momento todos nos encontramos com uns kilinhos a mais das festas de final de ano e um pouco apertados de grana. E, por isso mesmo quando os amigos falarem: “vamos tomar um cervejinha” , ou “o que que a gente vai fazer hoje?” a gente pode intercalar entre aceitar e ir pro bar ou oferecer uma alternativa na sua casa mesmo, que tem ventilador e ar condicionado, que dá para ficar mais a vontade e que a comida e a bebida com certeza saem mais barata (vamos pensar em economia pois temos um ano cheio de comilanças pela frente).

Se tem algo que eu gosto nessa vida são os sabores simples de um ingrediente. Claro que é uma delícia pratos típicos e super condimentados, que tem personalidade e cores incríveis, mas a simplicidade dos ingredientes faz com que a cozinha seja menos complicada mas não menos deliciosa, e a cozinha mediterrânea é um exemplo claro disso.

Hoje é dia de bruschetta!

A bruschetta é: fácil de fazer, versátil nas opções de sabores e topings e baratinha, além de não te prender na cozinha durante o tempo todo, te dando a oportunidade de interagir com os seus convidados. Teremos três receitas coringas que são super saborosas (e uma clássica), e que te dão oportunidade de ter suas próprias receitas e criar topings sensacionais.


 

Base da bruschetta:

– 3 pães italianos
– Azeite
– 7 dentos de alho

Modo de preparo: Vamos cortas os 3 pães italianos em fatias (ou você já pode comprar daquelas já cortados), vamos besuntar os pães com azeite e colocar no forno para dourar, depois do pão douradinho nós raspados o alho descascado no pão (isso intensifica o sabor do pão e deixa um aroma incrível).

 

Topings (cobertura da brushetta):

 

Clássica – tomate com manjericão

tomate

– 5 tomates italianos maduros
– ½ maço de manjericão
– 1 colher de sopa de azeite
– Sal e pimenta do reino á gosto
– Parmesão

Modo de preparo: Cortar os tomates em quadrados e temperá-los com o azeite, o sal e a pimenta e ½ do ramo de manjericão (casamento perfeito é manjericão e tomate, deixa o tomate bem adocicado). Vamos pegar o pão já preparado e colocar o tomate em cima e finalizar com o parmesão ralado por cima e um fio de azeite (nesse momento vai do seu gosto, tem gente que gosta da bruschetta de tomate fria, tem gente que gosta dela quente com o queijo derretido por cima, nesse último caso deixe 6 min no forno).

 


Gorgonzola, castanha de cajú e mel

gorgonzola

– 300 gr de gorgonzola
– 200 gr ricota seca
– Sal e pimenta a gosto
– 150 gr de castanha de cajú
– Mel á gosto
– 01 colher de sopa de azeite

Modo de preparo: Em uma vasilha vamos despedaçar a gorgonzola (pode ser com as mãos mesmo), e também a ricota seca, vamos temperar com o azeite, o sal e a pimenta e misturar para que o sabor forte da gorgonzola seja amenizada pela ricota. Picamos metade das castanhas de caju em tamanho menor e adicionamos a nossa mistura (a outra quantidade fica para finalizar a bruschetta), colocamos em cima do nosso pão já preparado e vai ao forno por 2 min., na retirada colocamos algumas castanhas maiores para a finalização e adicionamos um fio de mel.

 


 

Aspargos, tomate e parma

aspargos-tomate-e-parma

 

– 7 aspargos verdes
– Azeite
– 3 tomates italianos
– 300 gr de parma fatiado
– Sal e pimenta á gosto

Modo de preparo: começando pelos aspargos, vamos utilizar aquela técnica que já aprendemos para deixar os aspargos al dente (crocante por fora e macio por dentro), além de destacar a cor do alimento. Vamos ferver os aspargos por 7 min., e assim que escorrermos os aspargos vamos colocar numa vasilha com água e gelo. Após esse primeiro preparo vamos grelhar os aspargos com azeite e sal. Os tomates devem ser cortados em rodelas e temperados com sal, pimenta e azeite. Para a montagem da bruschetta vamos pegar o pão já preparado, colocar as fatias de tomate e em cima vamos colocar os aspargos enrolados no parma (devido ao tamanho do pão eu aconselho a cortar os aspargos ao meio).

 


 

Berinjela

bruschettas-bem-sicilianas

 

Apesar de aparentar ser somente um 1 ingrediente, essa é a bruschetta que necessita de mais amor e capricho e talvez seja a mais parecida com a original italiana.

– 2 berinjelas grandes
– 200 gr de azeitona
– 150 gr de tomate cereja (vermelho)
– 150 gr de tomate cereja (laranja)
– ½ maço de salsinha
– 1 maço de manjericão
– ½ maço de cebolinha
– ½ maço de alecrim
– ½ maço de tomilho fresco
– 100 gr. De alho poró
– 4 dentes de alho fatiados
– 4 colheres de azeite
– Sal e pimenta á gosto

Modo de preparo: em uma forma vamos colocar as berinjelas cortadas (você pode cortar a juliene – de comprido ou em quadrados o que preferir), adicionaremos as fatias de dente de alho e o alho poró, além dos tomates cereja (vermelho e laranja) cortados ao meio, e as ervas frescas cortadas e sem os cabos, temperaremos isso tudo com azeite, sal e pimenta e vamos mexer tudo com as mãos (além de ser terapêutico, essa receita é a mais fácil de fazer e deixa a casa com o melhor aroma do mundo). Vamos colocar no forno médio por 40 minutos (mexendo de vez em quando). Após essa maravilha de caponata de berinjela pronta, só temos que colocar em cima do nosso pão e comer loucamente.

 

Bom começo de ano, boas receitas e boas comidas para todos nós!

 

Coma, beba, se delicie e depois me conta como foi bom!

Nina Fagaraz

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *