Doutora, eu tenho Rosácea?

Pele branquinha e bochechas rosadas são características apaixonantes nos bebês e tem um certo charme na vida adulta. Porém, quando a face rosada que ruboriza de vez em quando se torna persistentemente vermelha temos um problema: é melhor consultar um dermatologista pois o diagnóstico pode ser rosácea!
rosacea-grau1-intensa
A rosácea é uma dermatose crônica que acomete principalmente as mulheres entre 30 e 60 anos, com maior pico de incidência na terceira e quarta décadas de vida.
Os surtos de vermelhidão são desencadeados por alguns gatilhos, sendo os mais frequentes:
·        Bebidas alcoólicas
·        Bebidas quentes, como café, chá ou chimarrão
·        Alimentos condimentados
·        Exposição ao sol, ao frio intenso e ao ventos
·        Mudanças climáticas
·        Ambientes quentes e abafados
·        Prática de exercícios físicos
·        Produtos de uso tópico com álcool na formulação, como adstrigentes e tônicos
·        Stress e alterações emocionais
rosacea3Caracteriza-se por uma vermelhidão recorrente na região central da face, que com o tempo torna-se prolongada e permanente. Acontece o surgimento de vasinhos na asa nasal e na região malar. Esses vasos vão se proliferando e a doença pode se estabilizar assim ou evoluir para quadros mais severos. O próximo passo consiste no aparecimento de pápulas e pústulas na face, que se confundem com quadros de acne. Em estágios mais avançados ela pode acometer as glândulas sebáceas e levar ao quadro de fima, mais frequente no nariz, chamado portanto de rinofima.
Acontece um intumescimento da região local e aparecimento de tecido fibroso, deixando a aparência da pele bastante grosseira. Pode acometer também os olhos em 50% dos casos, necessitando de cuidados oftalmológicos. Existem outros subtipos menos frequentes como a rosácea granulomatosa, conglobata e fulminante.
rosacea-e1428808197885O tratamento consiste em tentar evitar a exposição aos gatilhos relatados (o que nem sempre é fácil) e o uso de medicações de acordo com o grau da doença, lembrando que não existe cura, apenas tratamentos para o controle dos sintomas e da evolução.
O uso de protetor solar é fundamental. Existem tratamentos tópicos e orais que tentam combater a inflamação e recentemente foi lançado no Brasil uma nova substância, a Brimonidina, que faz vasoconstrição dos vasinhos levando à melhora do eritema (vermelhidão).
rosacea-cameron-diz-com-e-sem-maquiagem

Cameron Dias com e sem maquiagem

Se você apresenta sintomas semelhantes procure um dermatologista para avaliação e tratamento adequado!
Beijos e até a próxima!

 

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *