A Melhor Versão de Nós Mesmos x A Polêmica dos Excessos

Oi meninas!? Tudo bem com vocês it girls atuais? Quem está se sentindo linda põe o dedo aqui que a casinha vai fechar! Não? Então vamos bater um papinho… De mulher para mulher. E não é Marisa! rs

Te desafio para um exercício, topa? Todos os dias no final do dia pensem algo que você tem de especial para agradecer, seja a sua família, a sua saúde, o seu trabalho, um amigo, uma gentileza etc. E quando acordar e se olhar no espelho você precisa encontrar algo, um motivo para se orgulhar, seja o seu cabelo, as suas mãos, o fato de estar de pé, ou de ter mais um dia pela frente, os seus olhos, a sua generosidade, a sua honestidade etc.

Percebem quantas coisas passam na nossa cabeça pelo simples fato de cogitar a possibilidade desse exercício. Eu chamo de “exercício do amor a vida e a você mesma”. Duas dádivas, dois milagres, a vida e nós mesmos! Parece um tanto adocicado demais para você? Pois é essencial para a auto estima e saúde emocional uma dose de doce realidade.

Lembra meninas, que falamos essa semana na segunda-feira no post A Moda a Seu Favor – Styling e Beleza sobre a melhor versão de nós mesmos? Pois é na moda e na vida vale essa máxima!

Nada é mais elegante do que alguém vestido de si mesmo… Do que alguém grato e leal. E o contrário também é verdade as pessoas se tornam mais feias e sem brilho, literalmente murcham quando mentem, enganam, em especial a si próprios. Tem gente que se apropria da idéia do outro de forma completamente amoral ignorando a ética. Assim como tem gente que chega no salão e diz quero o cabelo da Gisele Bundchen, chega no dentista e diz quero o sorriso da Kim Kardashian, no cirurgião plástico e diz quero o nariz da…

Gente?! O que está acontecendo? Que mania (ou epidemia) é essa de querer ser o que não é? Para tudo que eu quero descer! Quando foi que perdemos a noção da individualidade e da riqueza de sermos nós mesmos? Eu acho lindo a imperfeição o contrário é muito chato. Fico me perguntando o por que de tantas pessoas quererem ficar iguais, terem o mesmo cabelo com aplique, o mesmo dente com lente de contato, o mesmo lábio a custa de preenchimento, a mesma unha de gel, o mesmo peito com silicone, a mesma cintura lipada, a mesma maquiagem, a mesma roupa, o mesmo carro, o mesmo, o mesmo, o mesmo.

Assim mesmo, repetitivo e boring. É claro que tem quem se aceite mas a massificação é tanta que se não tomarmos cuidado ou nos escraviza ou nos faz sentir peixinhos fora d’agua. Acho o máximo o movimento das cacheadas, das plus size, das naturais. Sim, há recursos e devemos nos apropriar deles com bom senso. Sempre analisando muito bem se está fazendo algo por você ou para ser aceita.

Não tem aceitação mais poderosa do que por nós mesmas. E como as mulheres ficam lindas quando se amam. Não vou ser hipócrita, envelhecer é difícil. Temos que fazer trocas inteligentes. Colocar coisas maravilhosas no lugar do tônus muscular, do viço da pele senão vira uma piração! Investir em conteúdo, intelectualidade e espiritualidade, esse é o caminho que estou escolhendo.

Ninguém tem 20 anos para sempre! Graças a Deus. Nelson Rodrigues dizia “Jovens, envelheçam rápido.” rsrs. E cai no ridículo quem acha que poderá driblar o tempo. Ele é rei. Mas dá para ser a sua melhor versão aos 30, aos 40, aos 50, aos 60, aos 70 e sempre. Vale para as mulheres e para os homens. Gente, aqueles caras adultos de 50 anos tentado ser o boy da balada é muito estranho! Mas voltando… A nossa hashtag é #projetobonitasempre, exatamente por isso, não por arrogância… rs

Não vamos pautar a nossa beleza em padrões e perder a mão, combinado meninas? Eu amo rádio frequência, um tratamento tipo ultra-som que estimula o colágeno, amo me alimentar bem, academia, meus creminhos etc. Evito os tratamentos invasivos por opção. Mas se te incomoda muito o nariz porque é desproporcional e compromete a sua auto estima invista na correção. Se teve filho e não consegue emagrecer ou não está feliz com uma gordurinha que não sai nem com reza brava invista nisso. Não estou pregando o contrário. Só peço para que a gente reflita um pouco sobre os exageros. Esse sim não tem correção.

Também não estou vendendo soluções ou tratamentos, estou convidando vocês ao “exercício do amor a vida e a você mesma”. Lembram? 🙂

Não precisei pesquisar muito para encontrar uma infinidade de exageros nos tablóides… Uma pena! Me ative a alguns poucos porque a ideia nem é expor ou julgar ninguém. Apenas repensar a nossa sociedade. Mulheres lindas que estão buscando o quê? Fico me perguntando…

Excesso nos procedimentos Blog da Amanda

Excesso nos procedimentos Blog da Amanda

Excesso nos procedimentos Blog da Amanda

Excesso nos procedimentos Blog da Amanda

O que estamos buscando? Qual o vazio da existência queremos preencher? Sinto uma tristeza ao ver tantas pessoas jovens indo por esse caminho. Vejo meninas 10 anos mais jovens que eu implorando atenção e indo fundo na metamorfose que via de regra as fazem parecer mais velhas.

É claro que um botox na hora certa pode ser nosso grande aliado, assim como uma boa maquiagem, uma tintura nos cabelos… rsrs. Queremos e devemos estar mais bonitas mas lembrem-se da recomendação “a melhor versão de nós mesmas”.

Uma iniciativa que amei recentemente foi a troca das modelos por mulheres referências em suas áreas para o calendário da Pirelli. Ou seja, há uma luz no fim do túnel. rsrs Vamos dar a volta por cima e descobrir a beleza da imperfeição, da individualidade, da história de cada uma de nós.

Excesso nos procedimentos Blog da Amanda

Espero não ter me estendido muito e que a troca seja sempre positiva. Qualquer dúvida podem me chamar meninas Estou por aqui e nas redes sociais…

Sem julgamento mas aceitação esse é o meu padrão e se fui um pouco dura me perdõem. Só não quero que a gente repita tantos erros. Porque o preço pode ser muito alto.

Beijos e até amanhã.

FOTOS: REPRODUÇÃO

You May Also Like

1 comment

  1. 1

    Vc tocou num ponto crucial Amanda. Hoje creio que mais do que nunca estamos num movimento do “parecer” e não “ser”. Nos últimos anos temos nos preocupado muito mais em” ter” do que “ser”. Deus se identifica por “Eu sou” ( The Great “I am”), somos criados a Sua imagem e semelhança, então a medida que deixamos de “Ser” nos afastamos de nós mesmos e nos perdemos pelo caminho. E olha, como temos que estar atentas a isso, pois a mídia nos impõe padrões o tempo todo e por vários motivos, porém o principal acredito que é pra estimular o consumo. Quando mais acreditamos que somos “fora do padrão” mais adquirimos coisas para nos adequarmos aos padrões. Botox, excesso de maquiagem, preenchimento, cirurgias plásticas, suplementos e até anabolizantes que podem até causar esterilidade. Isso é muito sério! Lutamos tanto para sermos livres e acabamos criando nossa própria armadilha. Eu sinceramente gosto MUITO de maquiagem e com estes tutorias na internet fico louca. rs Estes dias meus marido disse, por que vc está usando tanta maquiagem, sua pele é boa, vc é linda, não precisa usar tanta coisa. Oi!!!! Como não?? rs Este é um lado bom do casamento, quando começamos a viajar na maionese e nos deixar levar, podemos contar com alguém para equilibrar a balança. 😉 Por isso adorei o #projetobonitasempre e tentar “ser o melhor de NÓS mesmas” em qualquer idade já é desafio suficientl, do que tentarmos ser outra pessoa. Beijo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *