1, 2 e 3 #rogerinquieto ecoou…

1, 2 e 3 #rogerinquieto chegou! E aí meus queridos, estão curtindo as matérias de carnaval? Nossa está sendo uma experiência incrível. Para quem não sabe já vivo este mundo do carnaval há dez anos e nesta temporada eu tive a oportunidade de conhecer e viver o circuito do carnaval: Recife, Salvador, Rio e Sampa. Cada um tem o seu charme…

Recife: Ah! Com certeza o Carnaval mais cultural, pois é puro frevo e maracatu. Quando estive por lá fui no famoso Bloco “Galo da Madrugada” e claro me diverti horrores, mas o que mais me chamou atenção foi o café da manhã reforçado que tomamos, antes de ir. Eu como bom paulistano achava que um café da manhã reforçado seria: suco, lanche e muito café… Nada disso meus foliões, café reforçado lá tem o seguinte cardápio: macaxeira, arroz, feijão e carne, imaginem comer isso tudo logo cedo?!? Enfim, era o que tinha naquele momento! Ao chegar no camarote me deparei com duas tinas gigantes de água e alguns baldes, eu jurava que eram mini piscinas, mas não, eram para nos salvar do aperto para fazer xixi, isso mesmo, xixi, pois é impossível ir no banheiro, ou seja, deu vontade, pegue o balde com água da tina e jogue nas suas partes intimas como se fosse o hábito mais natural do mundo!

Salvador: Ah! O beco do circuito Barra-Ondina, o que eu aprontei neste lugar ao som do trio crocodilo de Daniela Mercury ao fundo, mas não vem ao caso… Lá o carnaval se resume a dois circuitos: de manhã Campo Grande e a noite Barra –Ondina. Eu tive oportunidade de ir nos dois e adorei! Salvador me reservou algumas surpresas, como ver um cidadão pedindo em um copo, um pouco de álcool combustível e a impossibilidade de ficar na pipoca quando passa um trio, pois com certeza você será furtado e tomará vários murros e isto não é legal! Em contra partida eu tive a oportunidade de ir aos melhores camarotes e viver noites inesquecíveis, pois quem está lá, não está afim de ficar sozinho e muito menos parado!

Rio: Ah! Se Tim Maia soubesse e acho que ele sabia… É muito quente o calor do Rio no carnaval. A primeira vez que eu fui eu tive o privilegio e a sorte, não sei se pode agradecer a Deus ganhos do carnaval, mas acho que pode, pois o meu Deus me ama como eu sou e está em todos os lugares e pecado para ele é mentira e falta de caráter, fui a quadra do Salgueiro. Quando eu entrei naquela quadra, meu coração parou, ou melhor, procurou o ritmo da batida da bateria e eu descobri que era salgueirense desde pequeno. Daí “a coisa” só se agrava, pois fui convidado a desfilar e viver tudo que a Sapucaí tem de melhor: carnaval, camarotes, bebidas e muita gente bonita bem a fim de se divertir. Vale ressaltar as inúmeras festas que acontecem por lá só terminam quando amanhece! Eu pude ir ao Scala na festa do preto e vermelho, isso aquela que passava na televisão quando eu era pequeno e via escondido. Dica: amanhecer lá bem acompanhado é nota 10!

Sampa: Ah! Os camarotes do Anhembi… Na minha opinião é o que tem de melhor por aqui, calma tem a Tucuruvi também, depois falamos da cereja do bolo… Recomendo e muito uma ida a um camarote do Anhembi daquela marca de cerveja bem famosa… o bicho pega e se ficar o bicho, enfim é ótimo para soltar os bichos e se divertir muito. Ainda é melhor na sexta-feira no desfile das campeãs, vá e guarde segredo de tudo o que viu, ou melhor, faça, não fique somente observando .Os bloquinhos como tenho mostrado estão fazendo o maior sucesso , pois são democráticos , permissivos e principalmente econômicos, pois todo mundo leva sua bebida e afins para diminuir o custo.

Com relação a Tucuruvi, minha escola aqui de Sampa que fica lá na Zona Norte só tenho a agradecer, pois me fez viver as grandes e melhores emoções do carnaval. Eu já tinha desfilado em outras escolas por aqui, mas não tinha achado qual emblema tatuaria no meu peito e foi lá na Cantareira que eu encontrei.

Adoro a letra de samba-enredo, pois quando bem feito é um recorte de algum momento/pessoa homenageada, ou momento histórico e quando bem desenvolvido te leva aquela situação. Como ator que sou é maravilhoso viver tudo isto em cima de um carro alegórico/palco, no teatro de arena, a avenida.

Bom , contei um pouco do que vivi pelos carnavais da minha vida pelo nosso país que é conhecido por esta festa. Na minha opinião é incrível, mas por outro lado é péssimo, pois “nada acontece até o carnaval” e o que mais me assusta é o fato das pessoas acharem normal isso!

E por falar em normalidade quero postar um texto que recebi, de Wagner Algozino:

Certo dia, Thomas Edson chegou em casa com um bilhete para sua mãe. Ele disse, “meu professor me deu este papel para entregar apenas a você .”

Os olhos da mãe lacrimejavam ao ler a carta e resolveu ler em voz alta para seu filho: “Seu filho é um gênio. Esta escola é muito pequena para ele e não tem suficientes professores ao seu Nível para Treiná-lo.
Por favor, Ensine-o VOCÊ MESMO!!”

Depois de muitos anos, Edson veio a se tornar um dos maiores inventores do século. Após o falecimento de sua MÃE, resolveu arrumar a casa quando viu um papel dobrado no canto de uma gaveta.
Ele pegou e abriu.

Para sua surpresa era a antiga carta que seu professor havia mandado a Sua MÃE porém o conteúdo era outro que sua mãe leu anos atrás.

“SEU FILHO É CONFUSO E TEM PROBLEMAS MENTAIS! – NÃO VAMOS DEIXÁ-LO VIR MAIS À ESCOLA!!”

Edson chorou durante horas e então escreveu em seu diário:

“THOMAS EDSON ERA UMA CRIANÇA CONFUSA MAS GRAÇAS A UMA MÃE HEROICA E DEDICADA, TORNOU-SE O GÊNIO DO SÉCULO.”

Existem certos momentos da vida, onde é necessário mudar o “CONTEÚDO DA CARTA” para que o OBJETIVO SEJA ALCANÇADO.
Pensem nisso!!!
E até depois do Carnaval!

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *