Mãe também namora (?!)

Olá Mamães Atuais, tudo bem? Semana dos namorados e por onde a gente anda o assunto é só presente, o que você vai dar para o seu amado, o que você vai pedir… Pois é, ainda convivemos fielmente com esse consumo excessivo. Mas a gente adora! rs. Tem o lado gostoso de ser lembrado por quem amamos. Pode ser um jantar a dois, flores ou até aquele mimo que você está precisando e só quem está do ladinho sabe. Fala sério, qual a mulher que não fica feliz quando o amado acerta no presente. Quando acerta né, porque às vezes erram, e erram feio. kkkkk

Bom, mas também existem as solteiras, as que estão sós e desesperadas para encontrar o seu amado, calma que uma hora esse homem chega, que tal tirar o dia para cuidar de vocês, e não ficar chorando e se lamentando. Melhor o cara certo do que o homem errado, pode ter certeza.

Mas vamos ao que mais me interessa. Mãe, também namora?! Gente impressionante como o papo rende ao falar disso, perguntei para mães de filhos de idades diferentes e foi maravilhoso a troca de informações que tive delas, só que nenhuma me deixou revelar o seu nome então o personagem que lerem será mera coincidência. rs. Muita intimidade! rsrsr

Claro que existem alguns períodos no início da maternidade que não dá para namorar, como a quarentena, os 3 primeiros meses do bebê é bem dificil ter uma relação íntima com o parceiro, devido ao tempo que o bebê exige de você, o cansaço toma conta de um jeito que a gente não tem pique pra nada. Mas com o decorrer do crescimento do bebê as coisas vão se ajeitando e aí um choro no meio do processo passa a ser apenas uma interrupção e não uma invasão de intimidade uma vez que um bebê não tem a menor noção do que está acontecendo naquela hora. “Verônica” mãe de uma menina de 4 anos disse que desde que a bebê começou a andar e vir para o quarto deles quando acordava, ela começou a trancar a porta, mas um belo dia esqueceu e passou a maior saia justa e disse com a maior alegria que papai e mamãe estavam brincando… ahahah Meu Deus! Bota saia justa nisso!!!  “Manuela” mãe de um garotão de 8 anos disse que ele não entende até hoje porque a porta fica fechada de vez em quando e já disse para o pai que acha que eles em algum momento não gostam da presença deles e promete que fica quietinho na cama se eles estiverem assistindo um filme. (melhor ele continuar pensando que é um filme). 😉

screen-shot-2011-06-09-at-5-18-22-pm

Enfim, me parece que o segredo, segundo o que pesquisei é deixar sempre claro para a criança que é preciso respeitar a intimidade dos papais e que eles também precisam ficar sozinhos, assim como tem hora que os pais precisam ficar sozinhos com os filhos, no final eles sempre entendem, fato!

Sabemos por experiência própria que abandonar a intimidade do casal resulta em uma forte abalo na relação. Li em um artigo que pode se fazer alguns truques simples para que isso não aconteça, vou contar para vocês alguns que já coloquei em prática e outros que estão na lista de prioridades.

  • Força tarefa para um momento a dois. Que tal chamar alguém de confiança, a dinda, tias ou tios corujas para passar uma noite com seu baby, tem que ser alguém que confiem para não ter preocupações (eu não consegui fazer isso ainda!)
  • Um dia fixo para o casal. E não desmarque. Vale “seqüestrar” se for preciso, um almoço juntos uma amiga disse que já está valendo a pena.
  •  Dormir você no mesmo horário de bebê, assim a madrugada pode ser mais animada. 😉
  • Tranque a porta do quarto enquanto estiver namorando, não cheguei nessa fase ainda
  • A “Verônica” sugeriu uma lua-de-mel uma vez por ano. Sonho de consumo!
  • Praticar o carinho, um beijão no meio da cozinha quando estiverem sozinhos, dormir abraçadinho, uma ligação no meio da tarde para dizer ” Eu te amo”, ai que tudo!
  • Mulheres, essa é maravilhosa, comprem lingeries novas, doe o que usou na maternidade pelo amor de Deus. kkkkkk
  • Essa é a dica de uma mãe que eu adoro e difícil de cumprir: Quando estiverem sós não falem sobre o filhooooooooooooooo  não deixe a noite ou o tempo de vocês virarem um momento para resolver problemas.

Babado e confusão gerenciar tudo isso né! Eu estou mudando e juro que não estou só! OBA! Tem milhões de mães nesse momento nessa. Então o melhor e respirar e deixar as coisas acontecerem no momento certo, sem pressa, sem programar para ser gostoso, mas com filho a gente tem que pensar em tudo e não esquecer que o amor e o mais importante e essencial para qualquer união.

Ufa! Vou ali namorar e já volto.

Fui meninas!

Me contem tudo depois, ops “quase” tudo!

Beijos da Mãe Atual.

 

 

You May Also Like

1 comment

  1. 1

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>